Arquivo para janeiro \30\UTC 2009

E crescem

Estou espantado com a velocidade com que crescem. Eu as plantei no domigo! Porém, o crescimento desordenado (a Chispita revirou toda a terra), pode ser um problema daqui há alguns dias. Todas as mudas estão muito próximas. Acho que quando elas atingirem um determinado tamanho, vou ter que escolher as mais promissoras e tirar todas as outras. Mas essa é a proposta: ir aprendendo durante a própria experiência. Já sei que nas próximas floreiras, posso plantar as sementes em lugares separados (como as sementeiras), ou mesmo comprar as mudinhas prontas, e aí sim transplantá-las para a floreira, seu lugar definitivo. Dicas são bem-vindas. Sintam-se à vontade. Abraço.

Elas só tem 5 dias

Elas só tem 5 dias

Crescimento desordenado. Acho que vou ter que selecionar

Crescimento desordenado. Acho que vou ter que selecionar

 

Com as mudas grandes, parece que tudo está ok

Com as mudas grandes, parece que tudo está ok

Tudo vai bem

Depois de colocar a horta a uma distância segura do focinho curioso da Chispita, tudo vai bem. De um dia para o outro, o crescimento das mudas é bem perceptível. Ontém uma amiga, Marcela, me falou a respeito de uma invenção que eu desconhecia, a sementeira. Ela já vem com os lugares e espaçamentos certos pra colocar as sementes. Assim, as mudas crescem cada uma em seu espaço e depois só é preciso transplantar (transferir), para as floreiras. Vocês podem ver nas fotos que as mudas estão crescendo de forma desordenada, muito próximas. Em parte isso está acontecendo porque a Chispita revirou toda a terra e as sementes se espalharam. Como eu não quis jogar a terra fora, vou deixar crescer pra ver o que dá. Mas, ainda agora de manhã vou ver se encontro a sementeira para comprar e posto fotos aqui. Então, na próxima floreira já quero fazer o teste, plantando antes na sementeira.

 

Longe da Chispita, elas crescem seguras

Longe da Chispita, elas crescem seguras

 

Crescimento notável de um dia para o outro

Crescimento notável de um dia para o outro

 

Ainda modesta, mas vai crescer

Ainda modesta, mas vai crescer

 

O próximo passo é testar a sementeira

O próximo passo é testar a sementeira

Caos e destruição na horta

Ingenuamente, eu acreditei que palavras ríspidas e algumas eventuais chineladas seriam o bastante para contem o apetite por destruição dessa daschund de 8 meses. Me enganei. Chispita foi pega em flagrante, com metade das patas na terra, chafurdando dentro da floreira das alfaces. A solução foi conseguir algumas caixas de madeira para elevar a horta. Por enquanto a ameaça está sob controle. A boa notícia é que as sementes já começaram a desabrochar e surgem as primeiras mudinhas saindo da terra.

 

Chispita, apetite por destruição

Chispita, apetite por destruição

A solução

A solução

 

Estão crescendo

Estão crescendo

Verde na varanda

Em 2007, foram registrados 12 milhões de novos casos de câncer. Some nossa alimentação cada vez menos natural a um hábito de vida cada vez mais estressante e tem-se uma combinação mortal. As pessoas não morriam tanto de câncer há algumas décadas e, embora eu não tenha lido sobre estudos na área não é difícil concluir que a industrialização de nossa dieta, carregada de conservantes, agrotóxicos e transgênicos, deve contribuir muito para isso. Só esse já é um belo motivo para se ter uma horta. Tempêros e verduras livres de veneno. Pode não parecer muito, mas imagine ao longo de uma vida o quanto isso pode representar. Fora isso, dá muito mais gosto preparar algo que você mesmo plantou, cuidou e colheu. O aroma e o sabor são incomparáveis. E o melhor: dá pra fazer em casa. Daí o motivo do blog. Eu vou aprender junto com vocês. Vou fazendo, experimentando e dividindo com vocês. Dá pra se dizer que é uma espécie de diário. Um diário verde. Espero que as experiências aqui possam ser úteis para você também. Vamos colocar mais verde em nossas varandas.

Abraço, André

Começando pelo começo

LOCAL

Antes de tudo, você precisa de um lugar que tenha sol. No nosso caso, será a varanda do apartamento. As plantas precisam de um local que receba, por dia, ao menos 5 horas de sol.

O logal precisa ser ensolarado

O local precisa ser ensolarado

A horta pode ser montada em qualquer lugar, desde o chão até o parapeito da janela ou a mureta da sacada. Nós inventamos um lugar para ela. Compramos um pallet. Eles são baratos, pagamos apenas R$4,00 por esse da foto (ótima idéia da minha esposa). Você pode encontrá-los em construções, depósitos, pois são usados pra guardar coisas empilhadas. A única coisa que fizemos foi serrá-lo ao meio, pra poder deixar a horta mais ao longo da sacada.

a base para a horta

Pallet: a base para a horta

Custou apenas R$4,00

Custou apenas R$4,00

Depois colocamos os rodízios embaixo dele (outra idéia legal da minha esposa). Assim fica fácil de movê-lo para trocar de lugar, limpar o chão, etc. Cada rodinha custou R$4,00. Para colocá-las, antes eu dou uma martelada nos parafusos, para que eles entrem um pouco na madeira. Aí fica fácil, é só usar a chave de fenda. Em poucos minutos você tem uma horta móvel e cheia de estilo.

Rodizio para fazer uma horta móvel

Rodízio para fazer uma horta móvel

Na verdade, martelo e chave de fenda bastam

Na verdade, martelo e chave de fenda bastam

Martele os parafusos para entrarem mais fácil na madeira

Martele os parafusos para entrarem mais fácil na madeira

Agora é só mandar ver na chave de fenda

Agora é só mandar ver na chave de fenda

O QUE PRECISA

RECIPIENTE

Nós escolhemos as floreiras, pois tem um bom tamanho e já vieram furadas. Mas você também pode usar vasos, latas, garrafas pet, caixas de madeira, etc. Lembre-se, precisa ter furinhos embaixo para a água poder drenar.

Floreiras

Floreiras

ARGILA EXPANDIDA

Serve para ajudar a drenar a água, caso contrário, a terra ficaria muito enxarcada e as raízes da planta apodreceriam. Basta uma camada no fundo. Aqui o saco custa R$5,00 e deu para 4 floreiras.

Argila expandida, para drenar a água

Argila expandida, para drenar a água

COMPOSTO ORGÂNICO

Uma terra preparada com os nutrientes que as plantas precisam.

Composto orgânico, terra com nutrientes

Composto orgânico, terra com nutrientes

MUDAS E SEMENTES

Vai do seu gosto. Apenas pesquise ou se informe no lugar onde for comprá-las para saber se se adaptam a uma horta doméstica.

Rúcula, couve, alface e espinafre

Rúcula, couve, alface e espinafre

Cebolinha, salsa, manjericão, alecrim, pimentinha e ...

Cebolinha, salsa, manjericão, alecrim, pimentinha e ...

FERRAMENTAS

Sempre úteis, mas na falta, dá pra fazer na mão.

Ferramentas

Ferramentas

MANTA DE BEDIN

Um tipo de tecido que ajuda a manter a umidade na medida certa. Fica entre a terra e a argila expandida.

Manta de bedin

Manta de bedin

É isso! Local escolhido, pallets prontos, materiais a postos. O próximo passo é começar a horta, propriamente dita.

1.
Pegue as floreiras ou o que mais você tiver escolhido. Se não houver os furos, façá-os.

Floreira

Floreira

2.
Coloque a argila estendida. Não precisa muito, apenas cubra o fundo com as pedrinhas.

A argila expandida ajuda a drenar a água

A argila expandida ajuda a drenar a água

3.
Coloque o pedaço de manta de bedin. Ela vai ajudar a conservar a umidade na medida certa. Apenas cubra a camada de pedrinhas.

Manta de bedin para manter a umidade

Manta de bedin para manter a umidade

4.
Agora é hora de pôr a terra na floreira. Muda um pouquinho para mudas ou sementes. Antes de tudo, pegue o saco de composto orgânico.

O composto orgânico

O composto orgânico

Para sementes:

Coloque uma camada que cubra o fundo. Preencha a floreira até em cima, parando uns dois dedos antes de chegar na borda.

Faça um pequeno furinho, de 1cm de profundidade. Isso pode variar, mas os envelopes das sementes costumam trazer essa informação. Com a semente no buraco, cubra-as com terra, sem apertar ou socar. É importante que a terra fique solta, para a semente poder crescer e sair.

No caso de sementes, encha até 2 dedos da borda

No caso de sementes, encha até 2 dedos da borda

O lugar das sementes

O lugar das sementes

Identifique com plaquinhas

Identifique com plaquinhas

Para mudas:

Se você está plantando as mudinhas, coloque uma camada que cubra apenas o fundo da floreira. Ajeite as mudinhas. Dê uma desmanchada de leve no torrão da muda, mas sem destruí-lo e o encaixe na terra. Agora sim, coloque terra até em cima. Não precisa socar a terra e também tome cuidado para não cobrir demais a planta. A medida boa é deixar a terra parelha com o início do torrão, ou seja, o pé da muda.

Muda de cebolinha

Muda de cebolinha

E outra de salsa

E outra de salsa

5.
Pronto! Agora é só regar. Tome cuidado para não encharcar a terra, caso contrário, tudo fica muito úmido e as raízes vão apodrecer. Quando são novas, as plantas devem ser regadas 3 vezes ao dia. Depois, dá para regá-las somente pela manhã.

Lembre de não colocar água demais

Lembre de não colocar água demais

Está aí o resultado. Nossa primeira horta doméstica (e móvel)! Dando certo, ela vai aumentar.

A idéia é aumentá-la

A idéia é aumentá-la

Nada de agrotóxicos

Nada de agrotóxicos

Tente a sua!

Tente a sua!